Bêbado mata duas crianças em Curitiba

  • PDF
  • Imprimir
  • E-mail

Um Omega atingiu o Gol onde as estavam as crianças que, com o impacto, foram arremessadas para fora do veículo. A avó delas, Cristina Marcosin Dutra, 44, também foi arremessada para fora do veículo. O motorista do Ômega foi preso por estar embriagado. Segundo testemunhas, uma forte neblina tomava conta da pista quando aconteceu o acidente.

O Gol placa CVC-9964 de Curitiba, era conduzido pelo avô das crianças, Wanderlei Antônio Dutra, 47 anos. Ele queria atravessar a rodovia do bairro Umbará ao Campo do Santana, quando foi atingido pelo Ômega placa ARE-0330 de Curitiba, que trafegava sentido Fazenda Rio Grande. O Gol ficou totalmente destruído.

Segundo informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), o motorista do Ômega, Edinaldo Aparecido Marques Costa, 36 anos, foi submetido ao teste do bafômetro, que acusou dosagem alcoólica quatro vezes mais do que o permitido. Edinaldo foi detido e encaminhado à Delegacia de Delitos de Trânsito (Dedetran).

Wanderlei e a esposa foram encaminhados em estado gravíssimo ao Hospital Cajuru. Rebeca Cristina Proença, de apenas 2 meses de vida, e Letícia Velasques Dutra, 3 anos, foram socorridas, mas morreram dentro das ambulâncias do Siate e da concessionária. Durante o atendimento, o braço de uma das crianças chegou a se mexer e os socorristas pensaram que ela estava viva, no entanto, constataram que era apenas o soprar do vento.

NOTA: Sem desmerecer a gravidade do acontecimento e condenando severamente o comportamento criminoso do condutor responsável pela colisão, é importante notar que, possivelmente, os traumas sofridos pelas vítimas que foram arremessadas para fora do veículo contribuíram para a morte. Certamente não usavam o cinto de segurança...

 
Free Joomla Templates by JoomlaShine.com